19/03/2017

Tudo vai dar pé


Quando a gente tem um sonho 
e ele não sai da cabeça...
é sinal de que a gente é cuca-fresca?

Quando a gente tem um sonho
e ele é meio escafandrista...
é sinal de que a gente é artista?

Quando a gente tem um sonho
e ele parece feito a giz...
é sinal de que a gente vai ser feliz?

O Pássaro das Sombras


05/03/2017

Imploro


Mágico menino,
da cabeça alumiada de estrelas,
dos pés cheinhos de vento,
dos olhos de firmamento.

Esperançoso garoto,
da alegria azul-marfim,
do frescor da meninice,
desculpe a minha chatice.

Me carregue com você
na vastidão desse sorriso,
pois não posso envelhecer assim,
às portas do paraíso.

O Pássaro das Sombras

18/02/2017

Animais em perigo!


Olá, pessoal! É triste saber que ainda tem gente que se diverte matando os bichos. Sabia que aqui, no Brasil, estão pensando em fazer uma lei para liberar a caça de animais? Um absurdo, não é mesmo? Algumas espécies, já em extinção, poderão nunca mais ser vistas.


O Pássaro das Sombras

01/02/2017

Escola!... \o/ \o/ \o/ Preparados?


Que bom rever os colegas, matar a saudade, botar o material novo na mochila e mal controlar a ansiedade de aprender e fazer novos amigos. Contar as novidades e o que de bom a gente viveu nas férias. Receber a professora com carinho, desenferrujar a letra, fazer tudo bem caprichado no caderno em branco. Escrever mais um capítulo da nossa vida, buscando o futuro com amor e coragem. É assim a volta às aulas! Uma delícia!


Amigo
Companheiro de colégio
Hoje eu canto de alegria 
Por de novo te encontrar.

Nas férias, eu brincava todo dia
Mas, no fundo, o que eu queria
Era mesmo estar aqui.

Uma pipa no céu todo azul
É tão linda de se ver 
E brincar de boneca pra mim 
Fez meu tempo não correr.

Mas a escola é a luz
Que ilumina o caminho da gente 
E é por isso, amiguinho,
Que hoje eu estou tão contente.

Toda volta pra escola é assim:
Tanta história pra contar.
Todo mundo querendo se ver
Todo mundo querendo falar.

A escola é a luz 
Que ilumina o caminho da gente 
E é por isso, amiguinha, 
Que hoje eu estou tão contente!

(Amigo e companheiro) Turma do Balão Mágico / Teddy Jauren, Tulio De Rose e Carlos Pedro

O Pássaro das Sombras

20/01/2017

Missão: aproveitar!


Nas férias, nem penso em relógio.
É um tempo de presente,
que escorre nas mãos da gente,
depressinha, brincalhão,
feito eu, feito você, 
na vontade louca
de viver.

O Pássaro das Sombras

Veja algumas sugestões bem legais para curtir as férias:

18/01/2017

A estrelinha


Primeira estrela que vejo,
dá-me tudo o que desejo!
Eu só desejo, estrelinha,
que sejas amiga minha.

Diz até logo pra lua,
desce aqui na minha rua,
vem brincar no meu jardim 
piscando só pra mim.

E, quando chegar a hora 
de pro céu ires embora,
leva contigo uma rosa 
muito linda e bem cheirosa.

Guarda a flor como lembrança
do meu amor de criança.
E assim, estrelinha amada,
tua luz será perfumada.

Ilka Brunhilde Laurito

31/12/2016

Novo ano! Seja feliz como nunca!


Desejo que, em 2017, você mergulhe em um mar de alegrias!
Um abração encharcado de carinho,
do amigo...

O Pássaro das Sombras

24/12/2016

Feliz Natal pra todos!

(Seja feliz, é Natal!) Banda Voices

Não importa onde você esteja, 
o Menino Jesus será a luz
que você deseja.

Viva esta noite mágica,
com muito amor e esperança.
O segredo é ser criança!

O  Pássaro das Sombras

17/12/2016

As férias chegaram!


UhuuU! Passei de ano, pessoal! Como é bom estar de férias! Minhas melhores notas foram em Português e em Literatura! E as suas? Espero que não tenha ficado de recuperação! Agora é só pensar no Natal, nos fogos do ano-novo e me divertir bastante com meus amigos durante um mês inteiro. Vou aproveitar o tempo livre para ler muitos livros! E você, o que pretende fazer nestas férias?

Pena que teve gente que se deu mal e vai passar o verão estudando!

Lista de desejos para o tempo livre:
- Dormir até o meio-dia;
- Visitar meus primos e minha avó, e comer aquela broa de fubá quentinha que ela faz;
- Andar de bicicleta;
- Ler revistinha e muuuitos livros legais;
- Ir ao cinema;
- Escrever poesias;
- Desenhar e colorir;
- Fazer jogo dos sete erros e caça-palavras;
- Brincar de pegador de esconder com meus amigos;
- Jogar videogame;
- Assistir a muitas séries na TV;
- Apostar corrida;
- Arrumar meu quarto;
- Ver os vídeos dos meus youtubers favoritos;
- Dormir depois do almoço;
- Ouvir minhas músicas preferidas no repeat;
- Viajar;
- Acabar de preencher meu álbum de figurinhas;
- Jogar futebol com meus amigos;
- Gangorrar nos brinquedos da pracinha;
- E mais coisas que ainda não consegui pensar direito!

"Palhacinhos na gangorra", do ano de 1957, do artista plástico brasileiro Candido Portinari


O Pássaro das Sombras

03/12/2016

Majestosa sorte


Eu vou de bicicleta,
eu vou de borboleta,
eu vou de nuvem
ou de cometa.

Eu vou por aí,
e ninguém me segura.
Eu vou ser feliz
sem frescura.

O Pássaro das Sombras

O cavalinho branco


À tarde, o cavalinho branco
está muito cansado:
mas há um pedacinho do campo
onde é sempre feriado.

O cavalo sacode a crina
loura e comprida
e nas verdes ervas atira
sua branca vida.

Seu relincho estremece as raízes
e ele ensina aos ventos
a alegria de sentir livres
seus movimentos.

Trabalhou todo o dia, tanto!
desde a madrugada!
Descansa entre as flores, cavalinho branco,
de crina dourada!

Cecília Meireles

18/11/2016

Hoje tem espetáculo?



A corda bamba do circo
É o picadeiro e o palhaço
Mais ligeiro.

Há muito tempo sabia
Equilibrando a alegria
No sorriso do poleiro.

Muito altivo e altaneiro
Voa o moço do trapézio
Mas não tem o privilégio
De botar os pés no chão.

Palhaçada dá um salto
Sai de baixo, vai pro alto
Sem rede de proteção.

De molho eu não fico
Com o circo no olho
Por isso eu me arrisco
A dar um trambolho.


(Palha e Aço) Turma do Balão Mágico / Moraes Moreira e Béu Machado

Se eu fosse um artista de circo, viveria por muitos lugares, levando sempre meu coração preso às estrelas, daquele céu feito de lona colorida. O susto e a alegria refletidos nos olhos da plateia. Os aplausos tocando em meu peito, feito uma banda de música.

O Pássaro das Sombras

15/11/2016

Chuvarada


Eu amo dias chuvosos. Fico em casa, bem quietinho, lendo, ouvindo música ou escrevendo poesias. Mas, se a chuva demora a passar, minha mãe fica aflita. Ela reclama que as roupas permanecem molhadas, deixando aquele cheirinho desagradável de mofo por todo canto.

E, por falar nisso, você sabe me dizer por que as roupas secam no varal mesmo com temperaturas baixas?


O Pássaro das Sombras

13/11/2016

Uma chance para o amor


Pode haver ali dentro 
apenas um coração aflito,
querendo mesmo ser amigo.

O Pássaro das Sombras

29/09/2016

Literatura com afeto

Gente do céu! O segundo dia de Festival Literário Magnum (Flim), desta vez na unidade Buritis, foi demais! No dia 28/9, teve um pouco de contação de histórias, o Pedro Antônio, autor do livro Oreosvaldo, o Pássaro das Sombras, conversou com a garotada, respondeu a muitas perguntas, sorteou livros, distribuiu marcadores de páginas, mensagens, autógrafos e recebeu muitos abraços! E eu estava lá, escondidinho e disfarçado, atrás de uma estante de livros, vendo tudo e me divertindo à beça! Ainda bem que ninguém me viu, afinal sou um pássaro misterioso, das sombras!! (rsrsrs) Da próxima vez, farei uma entrada triunfal! Me aguardem!


Acesse também A Torre Mágica.

O Pássaro das Sombras

22/09/2016

Encontros feitos de alegria

Hoje (22/9) foi um dia muito feliz. O Pedro Antônio de Oliveira, que escreveu meu livro, participou do Festival Literário Magnum (Flim), do Colégio Magnum Floresta, em Belo Horizonte, MG. Uma galerinha superanimada se divertiu, de manhã e à tarde, conhecendo um pouco do "Oreosvaldo, o Pássaro das Sombras" (Editora Lê), minha história, você já sabe (he-he-he!). Acho que estou realmente ficando famoso. Dê só uma olhada nas fotos. Mais imagens no FacebookObrigado a todos que receberam o Pedro com tanto carinho e entusiasmo!

O Pássaro das Sombras

11/09/2016

Luzes


Tenho asas feitas de palavras
que projetam minhas mãos para o céu,
me ensinando a voar.

Palavras dizem:
Eu te amo! Olá! Coragem!
Que bonito! Boa sorte!
Conte comigo! Vamos dançar?
Vá com Deus! Acredite!...

E tantas outras coisas mágicas
que transformam o mundo e os sonhos
que a gente leva no coração.

O Pássaro das Sombras

29/08/2016

Mascotes do coração da gente

A Olimpíada Rio 2016, realizada aqui no Brasil, foi o máximo! E a gente fica feliz ao saber que deu tudo certo! Mas há outros jogos olímpicos que também ficarão pra sempre na memória dos humanos e dos bichos (por que não?!). Mesmo quem não era nascido em 1980 já ouviu falar no famoso ursinho Misha, o mascote da Olimpíada de Moscou, da antiga União Soviética, hoje Rússia. Um mosaico feito com placas coloridas criou um efeito superlindo do urso chorando. Ah, e teve uma hora em que ele saiu voaaaando!...Veja os vídeos logo abaixo. Leia mais.




O Pássaro da Sombras

13/08/2016

Túnel do Tempo


Eu sei que uma rede invisível irá me salvar,
o impossível me espera do lado de lá.
Eu salto pro alto, eu vou em frente,
de volta pro presente.

Frejat

02/07/2016

A poesia é uma pulga


A poesia é uma pulga,
coça, coça, me chateia,
entrou por dentro da meia,
saiu por fora da orelha,
faz zumbido de abelha,
mexe, mexe, não se cansa,
nas palavras se balança,
fala, fala, não se cala,
a poesia é uma pulga,
de pular não tem receio,
adora pular na escola...
Só na hora do recreio!

Sylvia Orthof

O Direito das Crianças


Toda criança no mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.

26/06/2016

A Lua


A Lua pinta a rua de prata
e, na mata, a Lua parece
um biscoito de nata.

Quem será que esqueceu
a Lua acesa no céu?

Roseana Murray

Corpos celestes


Você tem medo de asteroides? Será que algum deles pode cair bem no meio da nossa testa? Ai, meu Deus! Sabia que, há muito tempo, um asteroide do tamanho de um campo de futebol atingiu a Terra? A explosão provocou muita confusão. Para ser sincero, eu adoro todos esses mistérios que vêm do céu.


O Pássaro das Sombras

16/06/2016

A um passarinho


Para que vieste 
Na minha janela 
Meter o nariz? 
Se foi por um verso 
Não sou mais poeta 
Ando tão feliz! 
Se é para uma prosa 
Não sou Anchieta 
Nem venho de Assis. 
Deixa-te de histórias 
Some-te daqui!

Vinicius de Moraes

12/06/2016

Eba, festa junina!

Para o seu arraiá ficar ainda mais bonito, que tal conferir estas dicas!? Uau! Será que consigo aprender tudo isso?
Eu vou tentar, claro!

Como fazer bandeirinhas!

Como fazer sanfona de papel!

Como fazer balões!

Decoração de mesa!

O Pássaro das Sombras

Sonho de papel


E o balão vai subindo, vem caindo a garoa
O céu é tão lindo e a noite é tão boa
São João, São João!
Acende a fogueira no meu coração!

Carmen Miranda

"Sonho de papel" é uma clássica marchinha junina de Alberto Ribeiro, também conhecida como "Um balão vai subindo". Tão cantada nesta época gostosa de festanças e comilanças, a canção foi lançada por Carmen Miranda em 1935. Faz tempo, viu!? Mas até hoje é um sucesso! Só que balão, pessoal, é legal apenas na música ou na decoração. Nada de soltar balão por aí. É muito perigoso, pois ele pode cair em casas e na mata ou mesmo atingir um avião, provocando incêndios! Clique aqui e ouça a música toda.

28/05/2016

Desenhando dinossauros

Queria ser um grande desenhista. Será que ainda dá tempo?
Confira os vídeos incríveis que separei sobre dinossauros!


O Pássaro das Sombras

03/05/2016

Aaatchim!!!...


Um dia desses, peguei um baita resfriado! Espirrei tanto que quase desfolhei umas árvores aqui da floresta. Tive febre e tudo. Ainda bem que minha mãe fez pra mim um delicioso mingau, além de uma sopa quentinha. Agora estou me sentindo melhor. Você aí, cuidado! Agasalhe-se, alimente-se direito, tome bastante líquido e evite sair na friagem depois de um banho quente. Quem avisa amigo é! :)


O Pássaro das Sombras

21/04/2016

Dica iluminada


Você sabia que as lâmpadas fluorescentes não devem ser jogadas no lixo comum? Elas são muito tóxicas e podem fazer mal para os garis e o meio ambiente. Tudo bem que na floresta a gente não precisa delas. Mas o toque vale pra você que mora na cidade. Procure um supermercado que receba as lâmpadas estragadas. Eles saberão o que fazer com elas, sem contaminar tudo por aí. 

Agora aproveite e clique aqui, pra ver um exemplo bem legal de alguém que se preocupa com o planeta.

O Pássaro das Sombras 

07/04/2016

Solitário


Na estrela azul,
naquele foguete prateado,
viaja um coração alado.

O Pássaro das Sombras

13/03/2016

O balonismo e a sensação de liberdade


Todo mundo sabe que tenho medo de altura. Mas esse meu medo estou mandando para os ares. E quando eu me sentir mais confiante, a primeira coisa que farei será voar num balão, ao sabor do vento. Parece ser muito gostoso. Você teria coragem? Clique no vídeo acima e conheça um pouco mais sobre o balonismo.

O Pássaro das Sombras

04/03/2016

Modernidades



O pessoal aqui da Floresta anda dando risada da minha cara,
só porque eu ainda não tenho WhatsApp.

Sabe o que é, eu adoro conversar olhando nos olhos, dar um abraço apertado, segurar na mão. Esses bichos estão moderninhos demais pro meu gosto. Pra mim, já está de bom tamanho essa história de blog, redes sociais... Ah, chega! Eu sou apenas tradicional, talvez um pouco conservador.

Hum...

Me diga aí. Você, por acaso, me acha um bicho ultrapassado?

O Pássaro das Sombras

14/01/2016

Leitura e muita diversão com o Oreosvaldo

Era uma tarde nublada e chuvosa, que delícia! E todo mundo participando da Roda de Leitura do livro Oreosvaldo, o Pássaro das Sombras (Editora Lê). Teve bate-papo com o autor Pedro Antônio de Oliveira e com o ilustrador Maurizio Manzo. Depois, cada criança recebeu um desafio: escrever a própria história, contando sobre algum amigo muito diferente. Quem ainda não sabia escrever desenhou! Os donos dos melhores textos e das mais bonitas ilustrações ganharam prêmios! Houve sorteio de obras do Pedro Antônio e cada um levou para casa marcadores de livros. Olha só como foi!

Maurizio Manzo e Pedro Antônio de Oliveira


 Veja o resultado da arte da galerinha!


Parabéns a todos que participaram!

Acesse o Facebook do meu amigo Billy, 
clicando aqui, e veja mais fotos do evento.

O Pássaro das Sombras