18/11/2016

Hoje tem espetáculo?



A corda bamba do circo
É o picadeiro e o palhaço
Mais ligeiro.

Há muito tempo sabia
Equilibrando a alegria
No sorriso do poleiro.

Muito altivo e altaneiro
Voa o moço do trapézio
Mas não tem o privilégio
De botar os pés no chão.

Palhaçada dá um salto
Sai de baixo, vai pro alto
Sem rede de proteção.

De molho eu não fico
Com o circo no olho
Por isso eu me arrisco
A dar um trambolho.


(Palha e Aço) Turma do Balão Mágico / Moraes Moreira e Béu Machado

Se eu fosse um artista de circo, viveria por muitos lugares, levando sempre meu coração preso às estrelas, daquele céu feito de lona colorida. O susto e a alegria refletidos nos olhos da plateia. Os aplausos tocando em meu peito, feito uma banda de música.

O Pássaro das Sombras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá. Aqui é o Pássaro das Sombras. Obrigado por estar aqui. Seu recadinho eu irei responder rapidinho.