28/10/2017

Valioso


Mias, mas não mias à toa, 
mias pouco.
Não precisas de chamar sobre ti as atenções: 
tens uma intensa vida interior.

Rui Caeiro

(Poeta português, nascido em Vila Viçosa, em 1943. Tem fãs por onde passa, pelo menos junto dos que olham com atenção para sua poesia, sua arte. Muitas vezes, usa o silêncio como generosa estratégia de vida. Estudou Direito. Tem filhos, netos, amigos. Gosta de ler e de comer. Dorme cedo.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá. Aqui é o Pássaro das Sombras. Obrigado por estar aqui. Seu recadinho eu irei responder rapidinho.